Um tempo, uma vida, um destino…

Era uma vez um tempo em que não existia carreira, escola ou cadeia. Menos ainda manicômios, escritórios sem janelas e lares sem amor. Um tempo em que das pessoas não era exigido mais do que a capacidade de transformar as miudezas do mundo. Um mundo feito de poetas e rabiscadores de caminhos. Violeiros e crianças. […]

Morte e vida aos novos trinta

Hoje me veio aquele sentimento quase místico de que o aniversário é o início de um novo ciclo de aprendizagens, doçuras, lutas e prazeres. O aniversário de trinta, então, é feito para contar história. Passei-o na estrada, entre sustos e melodias, entre memórias e saudades, entre desejos e reflexões – a estrada e suas incertezas, […]

A sétima parte da noite

A sétima parte da noite nos ensina a introspecção. O silêncio. Tornar-se miúdo e tocar o insondável. Ter a clareza de que falar demais é o desespero de não ter o que dizer. Desenraizar-se. Planar. Guardar no coração o traçado emaranhado da história. Fino e delicado feito a teia de uma aranha-poeta. Uma aranha-delírio. Uma aranha-mistério. Tecendo dúvidas e enredando […]

Tremores

O medo era de outras vidas. Das quais ela se lembrava muito bem. Vidas muitas – quase infinitas – vividas desde que ela nasceu quase 30 anos antes. O medo nascia em 1983, 1990, 2000. O medo era presente em 2013. Faltava pouco para o seu aniversário e ela ainda temia a coisa dolorosa que […]

Semente do que vier

Precisar de. De você. De seus braços. Da minha mãe. De cafuné. Abraço. Um espaço para chorar. Precisar do moço desconhecido que conta sua vida inteira enquanto sentamos juntos em um banco de praça. Precisar de um banco de praça, de espaços na rua, de tempo. Precisar de silêncio, introspeção, meu momento. Precisar da irmã, […]